Malefícios do Tabaco

loading...

Os fumadores têm, em média, menos 10 anos de vida que os não-fumadores. Isto porque as substâncias absorvidas destroem alguns órgãos importantes, ao mesmo tempo que fragilizam o organismo em relação a vírus e a doenças oportunistas.

A doença mais vulgar associada ao consumo do tabaco é o cancro. Este por ocorrer não apenas nos pulmões, mas também na laringe, na faringe ou na boca.

Os problemas respiratórios também se agravam, podendo surgir bronquites crónicas ou enfisemas, e ficando os fumadores mais susceptíveis a apanhar constipações. O sistema cardiovascular é, igualmente, afectado, na medida em que tabagismo constitui um risco cardíaco, favorecendo o aparecimento de angina de peito e do enfarte do miocardio.

Mas estas são apenas as doenças mais conhecidas, pois a lista de problemas de saúde associados ao tabaco é extensa. Eis alguns exemplos:

  • Envelhecimento precoce, com o aparecimento de rugas e cabelos brancos.
  • A tosse crónica também é bastante vulgar entre os fumadores e, na maior parte dos casos, indicia problemas respiratórios mas graves.
  • O cheiro do tabaco é bastante desagradável e bastante difícil de retirar das roupas e das casas, ma também leva a uma diminuição das capacidades olfactivas.
  • Os dentes também sofrem as consequências do tabaco, enfraquecendo e ficando amarelados.
  • O fumo aumenta o risco de doenças reumáticas.
  • O tabaco pode causar a infertilidade, tanto em homens como em mulheres, ocasionando ainda outra doenças do aparelho reprodutor.

Esta extensa lista de doenças contribui, certamente, para que um fumador pense duas vezes no seu hábito e equacione os custos e as consequências para a saúde que o vício provoca e pense em deixar de fumar.

loading...